PAREDE LOUSA: Saiba como usar na decoração ao Estilo Boho

A personalização da decoração sempre foi um dos pontos que o HOC Arquitetura mais defende. O local onde você vive deve ser reflexo da sua personalidade e, assim, proporcionar bem-estar, afinal quem não gosta de um cantinho seu?


Por essa razão vamos falar sobre a parede lousa!!


A parede em lousa pode ser feita das mais diversas formas, utilizando tintas especiais, papel contact, entre outros meios. O intuito é criar uma superfície em que possa ser feito desenhos ou escritas em giz, assim como as lousas das escolas.


Parede em lousa destinada aos convidados de uma residência de forma super divertida.


E a melhor parte é que ela é completamente customizável por você! É possível fazer e refazer desenhos quando enjoar, escrever frases que tenham algum significado para você ou deixar um recadinho para alguém da casa. Nesse caso, a imaginação é realmente o limite.


Ela pode ser aplicada nos mais diversos ambientes, sendo uma ótima opção para cozinhas, home office e quartos infantis. Mas você ainda pode colocar na sala de estar, quarto principal e qualquer outra parede que você sinta que falta algo a mais!



Acredito que todos lembram das lousas das salas de aula de escolas, não? Mas de onde de fato vem a lousa??


Podemos voltas milhares de anos e fazer uma associação com a pintura rupestre como meio de passar conhecimentos através de uma superfície. Através do tempo foram usados vários outros materiais para desenho em superfícies como a pedra branca e o carvão.


Pintura rupestre encontrada em uma caverna na Índia a cerca de 10 mil anos a.C. As pinturas eram feitas a partir do suco de frutas ou sangue de animais caçados.



Foi somente no final do século XIX que a lousa (ou quadro negro que tende a ser verde) como conhecemos instala-se nas escolas e passa a ocupar um espaço central nas salas de aula. Era feita em ardósia (por essa razão o termo quadro-negro) e cada aluno carregava uma pequena lousa com eles para anotações antes da popularização do caderno escolar no século XX.


Desde então, o quadro negro tem ganhado as mais diversas cores dependendo das exigências do sistema de ensino de cada país/época, passando pelo branco, verde e até mesmo azul. Passamos também pela lousa branca que aposentou o giz e era escrita com canetinhas até chegarmos nos dias de hoje onde em vários lugares temos lousas touch, ligadas a um computador e sensíveis ao toque.


Crianças aprendendo em pequenas lousas no século XIX.


Lousa digital sendo utilizada em sala de aula.



E a lousa foi parar nas nossas casas!


Mas antes de chegar nas nossas casas, ela passou pelos bares e restaurante (e até algumas cafeterias) compondo o estilo boêmio ou boho.


Cafeteria em estilo boho com parede em lousa.



Para tudo! Vamos falar sobre o boho!


Esse estilo se caracteriza por ser uma junção de culturas e épocas, combinando itens da cultura ocidental e oriental, hippie e punk com estilos mais românticos como o country e o vintage, remetendo aos anos 70.



Mas a origem da palavra Boêmio vem da região da Bohemia, na Europa Central, mais conhecida como República Tcheca e Eslováquia. Era uma região conhecida por ter regras muito estritas em relação à sua sociedade e por essa razão a palavra boho ou boêmio ficou conhecido por se referir a tudo que vai contra às regras!


Em outras palavras, pode tudo!


Ele começou nas passarelas como Boho chic em meados de 2003 e logo foi trazido para a decoração. É um estilo forte, cheio de personalidade e sem regras! O intuito é criar uma mistura de objetos de decoração, cores e padrões de forma harmônica que resultam num ambiente só seu!


Vários padrões e cores em um ambiente trabalhando de forma harmônica.



Uma das premissas desse estilo é o uso de cores. Não há muitas regras em relação aos revestimentos, apenas o uso de muitas cores fortes se contrastando ou complementando, que também podem ser aplicadas a móveis e objetos de decoração.


Saiba aqui como usar as cores.


E por falar em móveis, nesse estilo resgatamos o vintage! A restauração e o reuso de mobiliário antigo é muito utilizado, afinal, o boho se trata de uma decoração nostálgica. Outra dica interessante seria a troca de cadeiras e poltronas por pufes.


Quarto infantil boêmio. Podemos notar a presença de cores e estampas diversificadas, assim como a presença de um baú antigo para guardar brinquedos.


Lounge boho. Há uma diversidade de estampas e forte presença do estilo marroquino combinado com os demais.



Outro fator importante é o exagero planejado. Espaços vazios não são opção! Muitos objetos de decoração, principalmente lembranças de viagens ou tempos bons como souvenires e fotografias tem que estar presentes. Uma mistura de elementos hippies e marroquinos é bem característica, além do uso de velas e castiçais.


Saiba mais aqui sobre o vintage.


Em relação aos tecidos, o exagero também está presente. Muitas cores, estampas (como de animais) e peles tem que estar presentes. É possível ainda pendurar tecidos mais finos nas paredes como papel de parede.


Sala boho

A iluminação também pode ser usado como elemento de padrão e decoração nos ambientes.


O estilo é super livre e é ideal para expressar a sua identidade!


Mas onde entra a lousa nisso tudo?


Como dito anteriormente, o estilo boêmio proporciona muita liberdade e expressão e uma parede em lousa é o elemento ideal para você se expressar, além de entrar na premissa de que não devem existir cantos ou paredes vazias. Uma vez que a utilização de lousas se iniciou em bares, ela se integrou perfeitamente com o estilo, sendo um elemento decorativo e interativo a mais.


E existem várias formas de adotar essa tendência!


Nós podemos encontrar o tradicional quadro negro, ou seja, uma parede em preto onde pode-se escrever com giz, mas também podemos encontrar adesivos para colocar nas mais diversas superfícies como armários ou até mesmo a geladeira! Ideal para quem tem o habito de deixar recadinhos na geladeira.


Geladeira super diferente com revestimento em lousa.



Mas, assim como a lousa escolar explorou o uso de várias cores, você pode fazê-la em diversas cores, lembrando que o ideal seria fazer em cores fortes ou escuras para que o giz apareça.


Home Office


E você ainda pode revestir uma parede branca e utiliza-la como lousa branca, podendo ser desenhada ou escrita com canetinhas.


No caso da parede branca há também a possibilidade de estampar uma parede com desenhos e mandalas, similares aos presentes em livros de colorir para adultos e com o mesmo objetivo! O exercício de pintar a parede promete ser relaxante e terapêutico.


Parede decorada para ser pintada.


E que tal revestir a parede com uma lousa de vidro? As placas estão disponíveis em várias cores e tamanhos e são perfeitas para escrever ou desenhar com canetinha. Podem ser aplicadas desde quartos infantis a paredes de sala de reuniões em escritórios.


A parede de lousa é um dos materiais mais versáteis e customizáveis do mercado!



Todas as nossas imagens estão disponíveis no nosso Pinterest!


Gostou? Quer mais?


Então fique ligado que quinta-feira traremos um POST PRÁTICO com várias dicas sobre como aplicar a parede lousa na sua casa!


Curta, compartilhe e comente!! Sua opinião nos ajuda a trabalhar melhor!


Estamos presentes também no Facebook e Instagram, dê uma passadinha e nos deixe um like!!


Está inspirado? Podemos te ajudar! Clique aqui e descubra como!


Posts Relacionados

Ver tudo
POSTS RELACIONADOS
Posts Recentes
Arquivo

Contato:

E-mail: hoc.arq@gmail.com

Tel: (11) 94151-8933

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle