top of page

5 DICAS PARA ESCOLHER A CAMA IDEAL!

Já comentamos como o quarto é um ambiente importante numa casa ou apartamento! É o local mais íntimo e deve servir como um local de relaxamento e reparação.


(Veja aqui também 5 erros que você não deve cometer na decoração de quartos!)


E quando pensamos em quarto com certeza pensamos em cama, não é mesmo? Ela é o móvel central de um quarto e deve ser tratada como tal! É nela onde você irá passar seus momentos mais íntimos, relaxantes e ter seu sono reparador diário.




Considerando toda essa importância, resolvemos ajudar vocês a escolher a cama ideal para uma noite de sono ideal! Vamos conferir?


Tamanho da cama


Um dos pontos mais importantes é avaliar o espaço que você tem disponível. Todos queremos uma cama grande e confortável, mas é preciso levar em consideração o espaço para circulação ao redor da cama. Se o seu quarto não tem espaço para essa circulação, você deve considerar uma cama menor.



No quarto de solteiro, o tamanho também é importante. Apesar da cama poder ficar colada na parede, é importante se atentar às proporções. Uma cama muito grande ou muito pequena pode não harmonizar com o conjunto.


Os tamanhos padrões disponíveis hoje são: solteiro, solteirão, viúva, casal, Queen, King e super King.



(Você sabia que o HOC Arquitetura também pode projetar móveis? Vamos fazer juntos!)


Tipo de cama


Hoje em dia existem inúmeros tipos de cama! Desde as tradicionais com estrado e pezinhos, até as mais suntuosas com dossel, DIY com pallets e as mais práticas em box, todas ideais para você compor com o estilo que mais te agrada.



As mais procuradas ultimamente tem sido as camas box. Elas possuem uma base quadrada de sustentação e em sua maioria tem gavetas para guardar roupas de cama e outros itens. No caso de apartamentos pequenos, elas são itens interessante para que você ganhe mais espaço de armazenamento.


Algumas camas ainda tem um sistema de baú além do gaveteiro, onde você pode levantar o colchão e armazenar ainda mais coisas embaixo!



Escolha do colchão


Essa é uma das decisões mais importantes para uma boa noite de sono! Existem muitas opções no mercado: colchões de mola, de espuma, modelo ortopédico, colchão de viscoelástico (tecnologia da NASA), látex, entre outros.


A escolha do colchão deve ser feita de acordo com o peso da pessoa, necessidades ortopédicas ou até mesmo alergias (existem colchões hipoalérgicos). O ideal é que o colchão não seja nem muito duro ou muito mole, que você consiga posicionar sua coluna de forma reta e confortável, respeitando as curvas do seu corpo e sem forçar a coluna para cima.



Uma dica seria a utilização de camas com molas independentes em camas de casal, pois elas se ajustam de acordo com a necessidade de cada um.


Escolha de travesseiros e roupa de cama


Muitos acreditam que o travesseiro e a roupa de cama sejam itens exclusivamente estéticos, mas não é bem assim! A forma como você dorme requer um travesseiro com aspectos diferentes para que você tenha a melhor noite de sono possível.


Se você costuma dormir de lado, opte por travesseiros mais altos e mais duros. Se você dorme de costas, os travesseiros mais macios são ideais. Existem também os travesseiros com a chamada espuma da NASA, que se molda de acordo com as suas necessidades, podendo ser utilizado em todos os casos.



Tome cuidado com os travesseiros de pena! O excesso de maciez pode prejudicar a sua coluna e causar dores, sendo mais indicado para quem dorme de lado.


Também é importante levar em consideração os travesseiros de corpo que costumam ser posicionados entre os joelhos. Eles de fato ajudam no relaxamento muscular e proporcionam uma noite de sono mais tranquila.



Tome cuidado com o excesso de travesseiros! Costumamos montar a cama com uma grande quantidade de travesseiros e almofadas, mas essa quantidade não é ideal para dormir. O ideal seria o uso de apenas um travesseiro bom ou dois travesseiros baixos para evitar danos à coluna e dores.