REFORMANDO SEU BANHEIRO  - APARTAMENTOS NOVOS


Vamos a mais um post da nossa série especial: REFORMANDO SEU BANHEIRO!


Hoje falaremos sobre reforma de banheiros em apartamentos novos!




Imagino que quando você pensa na reforma do banheiro de seu novo apartamento a expectativa é de um futuro glorioso: tudo lindo, obra no prazo, sem dor de cabeça e sem gastar muito, certo?


Felizmente isso pode sim estar bem próximo da realidade, mas não quer dizer que tudo são flores!


Há prós e contras ao se reformar um apartamento novo. Pensando nisso, esse post terá um formato diferente:





PRÓS!



- COMEÇANDO COM O PÉ DIREITO


Reformar antes de começar a morar pode ser a maneira mais simples de evitar desconfortos com obras atrapalhando a rotina da sua família no futuro. Com um bom projeto desenvolvido pelo seu arquiteto, o banheiro reformado terá a sua casa e atenderá melhor às necessidades da sua família. Além disso, com a ajuda de um profissional para a escolha certa de materiais, você terá um resultado mais durável.



- COM A SUA CARA


Nada melhor do que ter todos os ambientes da sua casa decorados de forma personalizada para você e sua família, certo? De fato, o aspecto estético é muito importante, porém, no banheiro não é apenas a escolha das cores e estilo dos revestimentos que o tornam-o personalizado! Reformas também servem para ajudar em outros aspectos da sua rotina como deixar seu banheiro mais funcional e espaçoso, mais acessível para parentes de mais idade ou dificuldade de locomoção ou até mais seguros para crianças com a substituição de revestimentos e acabamentos, por exemplo.



(Vai reformar seu banheiro? Conte com o HOC para ajudar!)



- SEU BOLSO AGRADECE E SEU TEMPO TAMBÉM


Parece que não, mas fazer uma reforma com o apartamento desocupado pode sim te fazer economizar tempo, dinheiro e dor de cabeça. Afinal de contas, nem sempre é possível fazer uma obra com gente morando e o desgaste que mudar para um outro lugar e mudar sua rotina, mesmo que por um curto período, podem não valer a pena.




CONTRAS! [aqui vamos dar algumas dicas para tentar ajudar]



- DÍVIDAS A PERDER DE VISTA


A falta de organização e planejamento para esse tipo de gasto inicial, pode levar à sérias complicações no momento de decidir reformar ou não o banheiro do seu apartamento novo. Há aqueles que sofrem inclusive com os gastos iniciais mais básicos como: pisos, fechamento da área de serviço e plafons para iluminação básica! Mas você não precisa passar por isso:


#hocdica: Essa talvez seja a dica mais simples: planeje-se! Sim, sabemos como o financiamento exige muito de quem está comprando seu primeiro apê, mas só é possível guardar o necessário quando se sabe o quanto vai gastar. Para isso, vale a contratação prévia de um arquiteto para o seu futuro lar! Só assim você já terá um projeto definido para fazer a cotação de tudo o que é essencial e de quanto precisará ser gasto inicialmente! Organização é o segredo!




(Que tal uma consultoria para falar do seu futuro imóvel? Faça como a Juliana e a Thamires: conte conosco para ajudar colocar no papel antes de pegar as chaves!)



- APÊ NOVO, CONDOMÍNIO NOVO


Além da da consulta à Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e também das Normas Brasileiras (NBRs), antes de iniciar qualquer obra no seu novo apê, dê uma olhada no estatuto do condomínio sobre as normas para obras. A maioria dos condomínios exige por lei a contratação de um arquiteto ou engenheiro que seja responsável pelo seu seu projeto e por obras que contemplem elétrica, hidráulica, gás, mudanças estruturais e até mudanças de revestimento devido à impermeabilização!


#hocdicas: Disponibilize todo o material que possui de estatuto, memorial descritivo e desenhos técnicos da construção para o profissional responsável pelo projeto e obra. Ouça com atenção ao conhecimento técnico do profissional e mantenha uma boa relação com o seu síndico e com a área da construtora que lida com o pós-venda. Tudo isso, junto à organização de cronograma de obra, podem fazer com que tudo corra da melhor forma possível.



- SEGUROS DA CONSTRUTORA


A maioria dos apartamentos são entregues com as áreas molhadas “completas”: hidráulica, elétrica, gesso, revestimento cerâmico em paredes e pisos, pedras (granito de bancada das pias), louças (vaso sanitário e cuba) e metais (torneiras e etc.). Sendo assim, ao reformar e retirar o revestimento existente, você perde o seguro* da construtora de impermeabilização dessa área. Como assim? Bem, ainda que a manta impermeabilizante não seja danificada na retirada da cerâmica, a construtora entende que o que foi entregue por ela foi alterado e que não pode ser responsabilizar por eventuais problemas que possam ocorrer quanto à infiltrações, por exemplo.


#hocdica: Informe-se com a construtora do seu futuro apê, ainda no momento de compra na planta. Nesse momento ainda é possível entender se há opções de alteração ou não. Se for necessário, procure um profissinal para auxiliar você com isso.


*O seguro a construtora tem uma duração média de 5 anos. Consulte o seu memorial e outros documentos para obter essas informações sobre o seu apartamento.


Gostou do post de hoje? Ficou alguma dúvida?


O HOC está aqui para ajudar! Conheça a nossa consultoria!


Posts Relacionados

Ver tudo
POSTS RELACIONADOS
Posts Recentes
Arquivo

Contato:

E-mail: hoc.arq@gmail.com

Tel: (11) 94151-8933

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle